A Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc) divulgou na manhã de hoje (1) uma nova contagem dos presos que fugiram Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (PAMC) e a própria secretaria informou que “foram constatadas algumas inconsistências no número de detentos que fugiram no dia 19 de janeiro”. A primeira lista divulgada apontava que 92 presos tinham fugido do presídio, mas após a recontagem foi identificado que 86 presos fugiram do presídio.

Ao divulgar o fato o governo Suely Campos (PP) mostra que não tem o controle efetivo de quantos presos de fato fugiram. O próprio governo admitiu que dos 86 que fugiram apenas 24 foram recapturados, um percentual de 27,9%,

De acordo com secretário-adjunto da Sejuc, Diego Souza Bezerra, “essa diferença ocorreu devido à metodologia usada na primeira chamada. Na segunda chamada que fizemos foi utilizada uma metodologia com registro fotográfico e nominal, fazendo com que as falhas fossem dirimidas”.