A Polícia Federal em Roraima deflagrou a Operação Bachaquero, na manhã de hoje, (11), com o objetivo de desmantelar organização criminosa investigada por crimes de contrabando, facilitação ao contrabando e corrupção, inclusive com atuação de servidores públicos de Roraima. A organização criminosa atua no contrabando de combustível da Venezuela para o Brasil. Veja como funcionava o esquema abaixo.

 

Estão sendo cumpridos 44 mandados de prisão preventiva, 62 mandados de busca e apreensão e 16 mandados de condução coercitiva em Boa Vista e Pacaraima/RR, expedidos pela Justiça Federal de Roraima após representação em inquérito policial.

Os investigados presos e conduzidos coercitivamente estão na Polícia Federal sendo interrogados e indiciados. As investigações continuam, com análise do material apreendido e apuração do envolvimento de outros integrantes nas práticas criminosas.

O nome da operação remete ao apelido dado por venezuelanos aos contrabandistas.

 

Ilustração: PF

Foto: Estadão