O Conselho de Administração da Suframa (CAS) realizou nesta quinta-feira (10), em Boa Vista (RR), sua 280ª Reunião Ordinária, na qual aprovou 41 projetos industriais e de serviços, que somam investimentos totais de US$ 317.8 milhões e estimam a geração de 1.727 empregos ao longo dos próximos três anos. 

Presidida pelo ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Pereira, a reunião teve a participação do superintendente da Suframa, Appio Tolentino, da governadora de Roraima, Suely Campos, do secretário executivo do MDIC, Marcos Jorge, do deputado federal por Roraima, Jhonatan de Jesus, dos deputados estaduais Mecias de Jesus (RR) e Gabriel Figueira Picanço (RR), do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Roraima, Rivaldo Fernandes Neves, e do diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Roraima, Arnaldo Mendes Cruz, entre outras autoridades.

 Esta foi a segunda reunião do CAS realizada fora de Manaus em 2017 – a primeira foi em Macapá (AP), no dia 11 de maio –, dando continuidade à retomada do caráter itinerante dos encontros após nove anos de reuniões realizadas consecutivamente na capital amazonense.

 Durante a reunião, o superintendente Appio Tolentino afirmou que o desenvolvimento do Estado de Roraima está intrinsicamente ligado ao processo de desenvolvimento da Zona Franca de Manaus. “A partir de um conjunto de marcos regulatórios administrados pela SUFRAMA em Roraima, tem-se um conjunto de incentivos de engrenagem fiscal no qual as empresas podem maximizar suas atividades”, disse. Tolentino

Em seu discurso, a governadora Suely Campos destacou o prestígio que o ministro Marcos Pereira vem conferindo aos Estados da Região Norte do País, a partir de suas presenças nas reuniões itinerantes do CAS, e sugeriu propostas de fortalecimento da Área de Livre Comércio implementada no Estado. “Nossos resultados já são positivos, mas poderão ser potencializados. Aqui sugerimos a ampliação da área de jurisdição da ALC de Boa Vista para a área metropolitana de Boa Vista, que recentemente foi ampliada; modificar o regime fiscal que beneficia apenas as indústrias da Área de Livre Comércio de Boa Vista que utilizem matérias primas regionais”, afirmou.

 Projetos

 Dos 41 projetos aprovados, 13 são de implantação e 28 de atualização, ampliação ou diversificação. Um dos destaques na área de abrangência da SUFRAMA é o projeto de implantação aprovado da Nutrizon Alimentos para o preparo de ração para animais. A empresa está localizada no município de Rolim de Moura (RO) e receberá isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), com base no Decreto Lei nº 1.435/75. A empresa investirá US$ 7.3 milhões, com geração de 109 empregos.

*Com informações da Assessoria

Foto: Divulgação MDIC