Ofensas entraram na pauta da Câmara de Boa Vista na sessão ordinária desta terça-feira (10). O vereador Júlio Cézar Medeiros (Podemos) chamou de despreparado o colega de parlamento Renato Queiroz (PSB), que defendia a prefeita de Boa Vista, Teresa Surita (PMDB), criticada por ter as filhas envolvidas no escândalo da operação da Polícia Federal.

O assunto se estendeu mais ainda quando o condomínio residencial Vila Jardim, do programa Minha Casa, Minha vida, entrou no debate.

O terreno onde foi construído o empreendimento pertencia às filhas de Teresa e os ex-enteados dela. Eles teriam vendido o lote a preço superfaturado para uma construtora também envolvida no escândalo. O valor da área seria de R$ 3,5 milhões, mas pode ter sido vendido por R$ 7 milhões.

Queiroz, que é da base da prefeita, tentou amenizar a situação, mas acabou sendo alvo de comentários de Júlio Cézar.

“Essa operação não tem nada a ver com ela. A reportagem do fantástico de seis minutos deu  apenas 11 segundos para a defesa dos acusados se pronunciar. Foi um show de entretenimento”, disse. Júlio Cézar se posicionou contra.

“É muita cara de pau de um vereador dizer que está tudo bem. O Vila Jardim foi construído para três mil famílias, e lá falta, luz, coleta de lixo. É um despreparo total. O Fantástico teve a preocupação em produzir essa matéria”, afirmou, após o pronunciamento de Queiroz.

 

Fotos: BMBV