O Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR) recomendou ao município de Boa vista, que anule processos seletivos para contratação de servidores temporários, para cargos já contemplados previstos em concurso público que ainda estão em período de vigência ativo. A medida consta no Diário Oficial Eletrônico da Justiça, publicado nesta quinta-feira (11).
Por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do patrimônio Público requisitou ainda, a anulação do processo seletivo simplificado destinado a contratação de pessoal para atender a rede municipal de ensino, pois existe candidatos aprovados em concurso realizado em 2014.
De acordo a recomendação o certame em questão se encontra ainda em vigência, uma vez que foi prorrogado regularmente, como comprova o Diário Oficial do Município nº 4244, publicado dia 13 de Setembro de 2016. O MPRR tomou conhecimento do fato, por intermédio de representação formalizada na Promotoria de Justiça relatando possível irregularidade na realização de processo seletivo para cargo de assistente de aluno, o qual já consta com atribuições idênticas ao ofertado no concurso público vigente. Agora o município tem o prazo de 15 dias uteis para informar ao MPRR quanto as providencias adotadas a fim de resolver as irregularidades.