Na manhã desta terça-feira (3) a deputada federal Shéridan de Oliveira (PSDB) usou sua página oficial no Facebook para dizer que a análise da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer, que ocorre na Câmara dos Deputados, é um grande teatro. Apesar de tucana, a deputada fez críticas a forma como a base do governo conduz o processo para livrar Temer, mais uma vez,  da cassação.

Na primeira denúncia, a deputada não participou da sessão que arquivou o pedido de afastamento do presente por corrupção passiva. Na segunda denúncia, Temer é acusado pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, de liderar uma organização criminosa conhecida como “quadrilhão do PMDB”.

Veja o post da deputada na íntegra.

 

Minha cara quando vejo que vai começar mais uma saga de tentarem defender o que ao meu ver é indefensável, afinal a república não deve estar posta como escudo para ninguém. Nosso país merece mais.

Assistiremos agora a mais uma odisséia de esperar por um relatório que já imaginamos como será, o grande teatro que se faz dentro de um plenário que deveria estar tratando exclusivamente das pautas importantes para o país, mas que por nossa Constituição se transforma em júri para assentir ou não uma possível investigação e, toda a cena que mais parece uma série de TV que o Brasil está quase “habitué”em assistir nos últimos meses do último ano.

Não podemos esquecer do escracho com a cara da população brasileira ao presenciar o troca-troca de cadeiras em comissão, a liberação de cargos e emendas a muitos, tudo orquestradamente manipulado para favorecer um único lado: o do poder.

A vontade popular, os números que apontam a desaprovação, é posto de lado silenciando os que não deveriam ser voz vencida e sim ouvida e respeitada, a do povo brasileiro, que assiste com seu grito sufocado o poder de uma máquina imputar uma vitória forjada, desqualificando o que deveria ser soberano: A SUA VONTADE.

Nessas horas, especificamente nessas horas, me resigno a admitir que sozinha não posso mudar essa história, como diria um amigo mais cético e apolítico, porém, tão apaixonado quanto eu por nosso país… “é sistêmico”, no entanto como boa brasileira que sou permanecerei a conjugar em todos os tempos a minha esperança, “esperançando” para que novos tempos surjam e nosso país receba melhores mãos para cuidá-lo e corações mais justos para defendê-lo.

Ótima terça!

 

Foto: Reprodução / Facebook