O vereador Pastor Jorge (PSC) pediu esclarecimentos da prefeita de Boa Vista, Teresa Surita (PMDB), acerca das denúncias feitas pelo Fantástico, programa veiculado na Rede Globo, envolvendo filhas e ex-enteados dela na venda supostamente superfaturada de um terreno para construção de imóveis no programa Minha Casa, Minha Vida.

Da tribuna da Câmara de Boa Vista durante sessão ordinária nesta terça-feira (10), o parlamentar comentou sobre os supostos desvios de R$ 32 milhões, que, além da venda do lote, inclui a obra do programa residencial.

“Não pertenço a nenhum grupo político, pertenço ao povo. Não posso de deixar de pedir explicações da prefeita sobre o envolvimento das filhas dela na operação da Polícia Federal ‘Anel de Giges’,que investigou a construção do condomínio residencial Vila Jardim, do programa Minha Casa Minha Vida”, disse.

O vereador disse que é necessário uma resposta para a população e deixar claro  a forma de atuação do governo municipal sobre as denúncias dos desvios de recurso público.

Segundo a Polícia Federal, as investigações apontaram que a Fazenda Recreio, em Boa Vista, que era de propriedade das duas filhas da prefeita e dos ex-enteados dela, valia R$ 3,5 milhões, mas foi vendida por um valor superfaturado para obra do Minha Casa, Minha Vida. Há documentos que citam R$ 4,5 millhões e outros falam em R$ 7 milhões.

 

Foto: CMBV