A Câmara de Boa Vista aprovou projetos de lei nesta quarta-feira (11) na sessão ordinária que não oferecem uma utilidade direta à população. Entre algumas propostas, que podem ser consideradas inúteis, estão a do vereador Vavá do Thianguá (PSD) que cria o Dia Municipal do Jiu-Jítsu no Calendário Oficial do Município.

Outro projeto do segundo-secretário da Mesa Diretora, Albuquerque (PC do B), quer obrigar a organização de shows e os cinemas a exibirem propagandas publicitárias de campanhas de prevenção e socioeducativas de 30 a 60 segundos, antes de seus eventos. O parlamentar não consultou empresários do ramo sobre a matéria.

A proposta do vereador Rômulo Amorim (PTC) versa sobre a obrigação de clubes, balneários, academias e associações desportivas a fixarem placas que alertam sobre os males ocasionados pela exposição inadequada ao sol, em Boa Vista.

Os vereadores aprovaram ainda o texto que inclui no calendário de eventos do Município a Semana de Conscientização e Orientação da Posse Responsável de Animais Domésticos, na rede municipal de ensino. A ideia é buscar evitar o abandono de animais e incidentes que possam responsabilizar o proprietário do animal, como morder as pessoas.