Por ausência de peças obrigatórias, a prestação de contas referente ao ano de 2016, o diretório estadual de Roraima do Partido Republicano da Ordem Social (PROS) teve o repasse de cotas partidárias suspensas pelo Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR).
As contas do partido foram analisadas e de acordo com a comissão avaliadora de juízes, as cotas só serão repassadas novamente quando as contas que faltam forem apresentadas ao tribunal. A decisão está publicada no Diário de Justiça Eletrônico do TRE-RR, do dia 9  deste mês.