Após quase dez dias detido em Caracas, o brasileiro Jonatan Moisés Diniz, de 31 anos, foi libertado neste sábado pelo governo venezuelano e já embarcou em voo rumo a Miami, onde vive. No Twitter, o chanceler brasileiro Aloysio Nunes confirmou a libertação, citando explicitamente sua expulsão: “O incidente envolvendo o brasileiro Jonatan Moisés Diniz foi encerrado, com sua expulsão da Venezuela”.

 

Na manhã deste sábado, o Itamaraty recebeu a informações de que o governo avaliava expulsar Jonatan do país. Funcionários do governo brasileiro questionaram as autoridades venezuelanas se aconteceria uma visita consular antes disso, mas não obtiveram resposta. À tarde, o Itamaraty foi comunicado que o brasileiro estava em um voo para os EUA.

 

Fonte: O Globo

 

Foto: O Globo