O Congresso ficou insatisfeito, com o veto integral do presidente Michel Temer (MDB) sobre projeto de refinanciamento de dividas tributárias de micro e pequenas empresas, o Refis do Simples (Sistema de Tributação Simplificada). O deputado relator da medida na Câmara, Otávio Leite (PSDB) considerou a atitude absurda. De acordo com ele a bancada do congresso já está em articulação com lideranças do Governo para derrubada do veto. Para que um veto do presidente seja invalidado é necessário que a maioria dos deputados e senadores vote contra o veto durante uma sessão do Congresso.
Ainda conforme o relator o texto do projeto não propõe nada de diferente do que foi aprovado para grandes empresas. Como a previsão de renuncia fiscal com a proposta não foi realizada, a sanção poderia ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal. O deputado Jorginho Melo (PR-SC), coordenador da frente parlamentar da micro e pequena empresa disse que a decisão é um tiro no pé. “Isso só fará aumentar o número de parlamentares indispostos com as pautas do Governo”, como a Reforma da Previdência.
Foto: Divulgação/Poder 360